É algo comum para você sofrer com nariz coçando, escorrendo e entupido? Esses são alguns dos sinais mais comuns da rinite, um problema que ataca muitas mulheres, principalmente aquelas que amam um bichinho. Por conta dos pelos, eles podem acabar agravando os sintomas da rinite.

Hoje em dia, já pode ser considerada uma das doenças crônicas que são mais comuns no mundo todo. Mesmo assim, muitas pessoas ainda encontram diversas dúvidas, sem saber qual o melhor tratamento ou se devem se distanciar do pet. Por isso, vou te dar algumas dicas sobre cuidados com a rinite.

O que causa a rinite?

Existem diferentes tipos de rinite, aquela que é alérgica e a crônica, por isso, são diferentes motivos que podem causar a inflamação dos tecidos do nariz. Por exemplo, a rinite Manaus pode ser causada por conta do clima do local, assim, por agentes ambientais. Há também a manifestação por conta de fumaça e pó.

No caso da rinite alérgico, podem se sentir mal aquelas pessoas que entram em contato com pólen, ácaros, pó e infelizmente, o pelo dos animais. E os sintomas principais envolvem espirros, coceira no nariz, corrimento de liquido nasal e obstrução do nariz.

Para conseguir tratar a rinite, é importante se livrar do problema, ou seja, higienizando bem o ambiente e também contando com a ajuda de medicamentos. Os medicamentos usados costumam ser antialérgicos, assim como solução fisiológica nasal. Para os casos do tipo alérgico, a indicação também pode ser o uso de vacinas.

Como prevenir?

É bem importante saber que não vai ser necessário se livrar do pet, na maioria dos casos. É necessário evitar as substâncias que desencadeiam a crise, como os pelos dos animais, substâncias químicas e outros poluentes. O papel mais importante nesse momento é nosso mesmo, precisando mudar algumas coisas para obter bons resultados.

Por isso, o ideal é evitar ácaros e poeira doméstica, evitar outros agentes irritantes. Para isso, é necessário retirar a poeira da casa, limpar os locais que se acumulam ácaros, tentando também deixar o ambiente o mais arejado possível, procurando deixar entrar raios solares.

Os cuidados também precisam estar relacionados com o bichinho, viu? Assim, dar banho no animal com maior frequência, buscando escovar o pelo todos os dias. O animal também pode precisar ficar longe do quarto, tentando ficar nas áreas externas da casa. Passar um pano molhado e usar aspirador com filtro de água pela casa, todos os dias.

Também é importante levar ao animal para se exercitar e aproveitar para pegar um sol. Pode ser bem complicado no começo deixar o bichinho em outro cômodo, pois os sintomas acabam complicando quando eles são os causadores do problema.

A dica principal, portanto, é tentar evitar os outros causadores da rinite, buscando fazer uma limpeza no ambiente para remover os ácaros e pó. Caso os problemas continuem, talvez a melhor opção seja realmente manter um pouco de distância do bichinho, pois os pelos podem ser o grande causador da rinite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *