A desigualdade entre homens e mulheres no mercado de trabalho ainda é muito grande e isso é um fato.

Na América Latina ainda existe uma grande diferença salarial entre os sexos, porém, nos Estados Unidos, as coisas começaram a melhorar e temos esperança que por aqui, as coisas também melhoram com o passar dos anos.

Porém, existem carreiras em que as mulheres lucram mais do que os homens, veja a seguir quais são.

1. Promotora de eventos

A promotora de eventos é a profissional responsável por cuidar de toda a organização de um evento, desde local onde ele será realizado, até a reserva de datas, lista de convidados, contratação de profissionais, contratação de fornecedores, participação de autoridades, distribuição de brindes, promoção do evento, dentre outros diversos detalhes.

E promotora de eventos é uma das profissões em que as mulheres recebem mais do que os homens. A diferença de salário pode chegar até 7,6%.

2. Assistente social

Uma assistente social é a profissional responsável por analisar, elaborar, coordenar e executar planos, programas e projetos para viabilizar os direitos da população e seu acesso às políticas sociais. Tais como a educação, a saúde, a habitação, a previdência social, a cultura e a assistência social.

As mulheres que seguem como assistente social nos Estados Unidos recebem uma diferença salarial de 7,8% a mais que os homens.

3. Acompanhante de luxo

Acompanhantes Criciúma são profissionais contratadas por homens a fim de passar um tempo junto, seja para práticas sexuais, para fazer presenças em eventos, companhia em viagens, encontros entre amigos, dentre outras opções.

Mesmo que seja uma profissão não tão bem vista aos olhos dos mais conservadores, é um negócio extremamente para mulheres livres de tabus.

4. Especialista em compras

Uma especialista em compras é responsável por planejar, negocia e controlar todas as atividades de aquisição.

Ela realiza os processos de importação e exportação, e tem acompanhamento direto em todas as etapas internas e externas.

É encarregada também por fazer contato com o despacho aduaneiro e agente de carga e análise de códigos de NCM, custo de importação, impostos, logística, contato e negociação de fretes com as companhias aéreas e marítimas.

Ela desenvolve novos fornecedores e fontes alternativas de elementos necessários em um processo de produção, objetiva a qualidade e o custo dos produtos, as condições de pagamento e o prazo de entrega.

Mulheres que trabalham nessa área superam os ganhos dos homens em até 5,5%.

5. Profissional em Mídias Sociais

Uma profissional de mídias elabora ações que ajudam a divulgar uma marca ou a si mesma e encontra as melhores formas de interagir com o público consumidor nas redes sociais.  Elas são responsáveis por conquistar os clientes e construir fidelização.

A carreira de influencer digital também favorece bem mais o público feminino.

A diferença salarial entre as mulheres e os homens nessa área é de 1,9%.

6. Consultora Médica

O trabalho de uma consultora médica é fornecer conselhos médicos para finalidades variadas.

Consultoras médicas são pessoas que estão muito bem informadas sobre informações relacionadas a comunidade médica, procedimentos e fatos médicos.

Mulheres que trabalham nessa área ganham 2,4% a mais do que os homens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *